Buscar
  
  

Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

COVID-19: Plano Nacional apresenta medidas de cuidado à saúde de pessoas idosas institucionalizadas

Data de publicação: 27/04/2020


Ministério da Saúde participa do plano com orientações técnicas e estratégias para contenção da contaminação pelo novo coronavírus


Para preservar a vida e a saúde das pessoas idosas residentes em instituições de acolhimento e instituições de longa permanência para idosos (ILPI) no contexto de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a Casa Civil, o Ministério da Saúde, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Cidadania lançaram, nesta sexta-feira (24/04), o Plano Nacional de Contingência para o Cuidado à Pessoa Idosa Institucionalizada na Pandemia da COVID-19.

A estratégia reúne a adoção de medidas de prevenção, proteção e recuperação da saúde das pessoas idosas, frente à possibilidade de contaminação pelo coronavírus (SARS-CoV-2) nesses estabelecimentos.

 Nesse sentido, o Ministério da Saúde apresenta uma série de documentos técnicos para apoiar a execução do plano, com recomendações a dirigentes, profissionais e colaboradores das instituições que acolhem pessoas idosas, além de orientações às equipes de saúde da família que prestam atendimentos nesses espaços.

Por meio da Nota Técnica nº 09/2020 podem ser consultadas as medidas para isolamento de idosos sintomáticos, acompanhamento na Atenção Primária à Saúde e orientações para eventuais internações. O documento ainda traz recomendações às equipes de saúde da família para a necessidade de priorizar visitas periódicas nas instituições de acolhimento de pessoas idosas, dada a situação de extrema vulnerabilidade física e social dessa população, além de medidas para a prevenção e controle de infecções pelo novo coronavírus (COVID-19).

Como estratégia nacional de acompanhamento e de seguimento do cuidado na Rede de Atenção à Saúde (RAS), o MS apresenta, anexo à nota, o  Fluxograma de Manejo de Casos Suspeitos de COVID-19 em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI).

Esses documentos se somam à Nota Técnica nº 08/2020 que trata das orientações voltadas aos gestores de ILPIs, com alcance previsto de 31.725 profissionais que atuam e convivem com 78.216 pessoas idosas nesses locais.

Outra importante publicação é o Protocolo Operacional Padrão (POP), que traz orientações a familiares, cuidadores e profissionais para a utilização de medidas de higiene e cuidado com pessoas idosas institucionalizadas com quadro respiratório agudo, incluídas as medidas para o isolamento e a proteção coletiva.

A estratégia ainda converge com a aplicação prioritária de testes rápidos na população acima de 60 anos, com alcance de até 2.352.973 milhões de pessoas sintomáticas com síndrome gripal, entre elas as que se encontram em ILPI e as que apresentam algum tipo de comorbidade. O investimento totaliza R$ 136.472.434,00 de recursos, oriundos de fonte de doação da empresa Vale do Rio Doce. 

O plano também prevê a distribuição de 5.806.756 equipamentos de proteção individual (EPI) para as pessoas idosas e profissionais de ILPI, num investimento estimado de R$ 290.337.793; além das ações de imunização contra a gripe que priorizam as mais de 30 milhões de pessoas idosas no país, entre elas, as que se encontram em instituições de acolhimento, em um investimento total de R$ 1 bilhão na aquisição total de 75 milhões de doses para a campanha de vacinação 2020.

Além dessas medidas, o Governo Federal tem orientado os atores públicos e privados de 2.416 instituições de acolhimento, atendimento, assistência e de prestação de serviços às pessoas idosas, para controlar atividades geradoras de aglomeração, o fluxo de pessoas externas a esses ambiente e as medidas de higiene e distanciamento social que possibilitam evitar a disseminação da COVID-19 entre o público idoso.

Confira os documentos produzidos pelo Ministério da Saúde que integram o Plano Nacional de Contingência para o Cuidado à Pessoa Idosa Institucionalizada na Pandemia da COVID-19:

Nota Técnica nº 8/2020-COSAPI/CGCIVI/DAPES/SAPS/MS;

Nota Técnica nº 9/2020-COSAPI/CGCIVI/DAPES/SAPS/MS;

Anexo - Isolamento para idosos institucionalizados: orientações de higiene e cuidados;

Fluxograma de manejo de casos suspeitos de COVID-19 em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI);

Quadro 1 - Estimativa de equipamentos de proteção individual para as Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) vinculadas ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS);

Quadro 2 - Parâmetros para estimativa de equipamentos de proteção individual para as Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) vinculadas ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Acesse também o Plano Nacional de Contingência para o Cuidado à Pessoa Idosa Institucionalizada na Pandemia da COVID-19


Fonte: - Autor(es): -