facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Minas Gerais recebe o 3º Encontro Estadual para o Fortalecimento da Atenção Primária

Data de publicação: 27/08/2019


O evento conta com a participação de gestores de municípios jurisdicionados às regionais de saúde de Montes Claros, Januária, Pirapora, Pedra Azul e Unaí


 

 

Montes Claros sedia o 3º Encontro Estadual para Fortalecimento da Atenção Primária de Minas Gerais nos dias 27 e 28 de agosto. A agenda integra governo federal e gestores estaduais e municipais na construção de trabalho conjunto pela resolutividade da Atenção Primária. Os encontros nos estados acontecem desde 2017. No ano passado, Minas Gerais sediou dois eventos – um em Belo Horizonte e o outro em Uberlândia. 

Compondo a mesa de abertura, a diretora do Departamento de Promoção da Saúde, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde (Depros/Saps/MS), Lívia Faller, destacou: “precisamos lembrar que evidências apontam que sistemas de saúde precisam ter uma forte base na atenção primaria à saúde como estrutura”. A dirigente também lembrou as recentes mudanças pelas quais a pasta vem passando. 

O presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/MG), Eduardo Luiz da Silva, pontuou que, apesar das dificuldades do estado, seguem buscando o alinhamento pela saúde de Minas Gerais. “Acreditamos no SUS. São em encontros como este que buscamos a construção e reconstrução de propostas adequadas para a região. Nossas demandas exigem cada vez mais um olhar mais atento e amplo.” 

Para a secretária municipal de Saúde de Montes Claros (SMS/MOC), Dulce Pimenta, avanços não significam que problemas foram sanados. “Sempre teremos o que qualificar. Cada região tem sua peculiaridade, e os desafios sempre são característicos.”   

A superintendente regional de saúde, Dhyeime Marques, entende que a realização do encontro possibilita uma maior aproximação dos gestores municipais com a secretaria estadual e o Ministério da Saúde. “Para que seja garantido o acesso da população aos atendimentos básicos de saúde, é preciso que os problemas sejam identificados e solucionados por meio de trabalho conjunto envolvendo os municípios, o estado e o Ministério da Saúde”, concluiu. 

Após a mesa de abertura, Lívia Faller realizou a exposição dialogada sobre a Política Nacional de Atenção Básica e o Panorama da Atenção Primária à Saúde no Estado de Minas Gerais. Na ocasião, a diretora também apresentou um balanço do estado em relação ao Programa Saúde na Hora. Até o momento, Minas Gerais tem 202 Unidades de Saúde da Família que aderiram ao programa, com 748 Equipes de Saúde da Família e 294 Equipes de Saúde Bucal.

Além da diretora do Departamento de Promoção da Saúde (Depros/Saps/MS), Lívia Faller, participaram da mesa de abertura o secretário de Estado de Saúde (SES/MG), Carlos Eduardo Amaral, o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/MG), Eduardo Luiz da Silva, a secretária municipal de Saúde de Montes Claros (SMS/MOC), Dulce Pimenta, e a superintendente da Regional de Saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira. 

Encontros Estaduais

Os Encontros Estaduais para fortalecimento da Atenção Primária à Saúde têm o objetivo de discutir os principais programas e propostas para aprimorar a APS em cada estado do país. Os eventos são organizados pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde (Saps) do MS em parceria com as Secretarias de Saúde dos estados e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde.

 

Programação do evento

Terça-feira, dia 27 de agosto de 2019
Manhã: Mesa de abertura e exposição dialogada

Tarde: Mesas-redondas
1. Planificação da Atenção à Saúde
2. Integração da Atenção Primária em Saúde com a Vigilância em Saúde

Quarta-feira, dia 28 de agosto de 2019
Manhã: Workshops
1. Promoção da Saúde na Atenção Primária
2. Saúde bucal no contexto da Atenção Primária
3. Infraestrutura: Requalifica, Academia da Saúde, equipamentos e emendas parlamentares.

Tarde: Mesas-redondas
1. Gestão e evidência - uma análise qualitativa sobre APS em MG
2. Processo de Trabalho da Estratégia de Saúde da Família na APS: da prática de integração dos serviços à coordenação do cuidado
Exposição dialogada: Estratégia e-SUS AB


Fonte: - Autor(es): -