Buscar
  
  

Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Tire todas as dúvidas sobre o Programa Saúde na Hora

Data de publicação: 07/06/2019


Ministério da Saúde vai custear Unidades de Saúde da Família com horário estendido de funcionamento. Fique por dentro dos critérios para aderir ao programa


As Unidades de Saúde da Família (USF) vão poder ter horário de funcionamento maior que as habituais 40 horas semanais. Com o programa Saúde na Hora o Ministério da Saúde vai custear as unidades que estenderem o expediente de atendimento diário. A adesão é voluntária e o gestor poderá escolher entre os três formatos propostos:  USF 60 horas, USF 60 horas com e USF 75 horas com saúde bucal.

Assista aos vídeos sobre o Saúde na Hora clicando na imagem abaixo.

Critérios para adesão

Se a escolha for por uma unidade com atendimento de 60 horas semanais, é necessário ter no mínimo três equipes Saúde da Família (eSF) trabalhando na mesma unidade. Caso opte por 60 horas com atendimento odontológico, é preciso ter duas equipes de Saúde Bucal (eSB). O gestor pode optar pelo formato de 75 horas, para isso é preciso que a unidade tenha seis eSF e três eSB. Os municípios que têm unidades que não se enquadram nos requisitos do programa poderão participar ao ampliarem a cobertura de eSF, ou seja, vão poder solicitar credenciamento de novas equipes. Para os três formatos, a unidade tem que ter um gerente de atenção primária no estabelecimento. Os critérios exigidos estão especificados na Portaria nº 930 publicada em 15 de maio de 2019.

Para saber mais, acesse: http://aps.saude.gov.br/ape/saudehora

 


Fonte: - Autor(es): -