facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Imunização é tema da Semana Saúde na Escola

Data de publicação: 25/03/2019


O Programa é uma iniciativa dos Ministérios da Saúde e da Educação. As ações do Programa Saúde na Escola têm como foco a importância da imunização e do autocuidado


A Semana de Saúde na Escola, que acontece de 08 a 12 de abril, marca o início das ações em favor de uma causa nacional importante, mas, para que as ações sejam efetivas, devem perpassar todo o ano letivo. Deverão ser realizadas várias estratégias e atividades relacionadas ao tema, reforçando a articulação local entre saúde e educação, promoção da saúde e desenvolvimento sustentável.

A escolha do tema vai ao encontro à meta do Plano de 100 dias de Governo - fortalecer a vigilância e aumentar a cobertura vacinal das vacinas pentavalente, poliomielite, pneumocócica, tríplice viral D1 e febre amarela. As ações de prevenção podem começar a partir da análise de informações sobre a ocorrência de doenças no território e que podem ser prevenidas com vacinas. Os profissionais envolvidos no Programa Saúde na Escola (PSE) devem buscar o envolvimento das famílias e comunidade a fim de compartilhar as informações e sensibilizar a comunidade sobre a importância de manter as cadernetas e/ou cartões de vacinação atualizados. Também é uma ação de promoção da saúde conhecer o que são as vacinas, para que servem e sua importância. Por isso essa ação deve ser desenvolvida junto com os atores, com protagonismo de todos os envolvidos e apoio dos profissionais de saúde e de educação.

Todos os municípios brasileiros estão convidados a fazer parte dessa mobilização. Para atingir esse objetivo, a proposta é de que durante a Semana Saúde na Escola, seja incentivada a realização de atividades lúdico-pedagógicas que abordem esse tema com a comunidade escolar e de saúde, favorecendo o compartilhamento de saberes e práticas e fortalecendo a cidadania e a corresponsabilidade da comunidade local.  As atividades deverão sensibilizar a comunidade escolar a manter esse esforço e vigilância ao longo de todo o ano. O que se aprende na escola, se compartilha em casa.

Imunização

Algumas doenças podem ser facilmente combatidas com sua imunização. Doenças como a rubéola, caxumba e sarampo, por exemplo, podem causar forte impacto nas taxas de evasão escolar. É importante conscientizar os adolescentes, jovens, adultos e idosos sobre a necessidade do autocuidado. Isso pode ser feito por meio da educação entre pares e do estímulo à procura de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, que devem estar preparadas para receber o público que busca orientações. As famílias também devem ser envolvidas para potencializar a autonomia dos educandos e a busca da qualidade de vida.

O Programa Saúde na Escola é uma grande oportunidade para estabelecer parcerias e garantir que crianças, adolescentes e jovens estejam realmente protegidos, fazendo com que também no território as famílias participem de orientações quanto à necessidade de manter atualizada a situação vacinal e possam debater sobre os cuidados necessários à saúde junto com profissionais de saúde e de educação, além de outras parcerias locais que podem ser acionadas de acordo com os temas a serem abordados no âmbito da prevenção. As ações no PSE não têm como foco a vacina, e sim a importância da imunização e do autocuidado.

O estabelecimento de vínculos entre as famílias, estudantes e profissionais de saúde e educação do território, com reconhecimento das práticas e culturas locais, fortalece o compartilhamento e troca de experiências e em consequência a melhoria das condições econômicas, sociais, de educação, desenvolvimento, cultura, dentre outros fatores que afetam a saúde.

 

Conheça o Caderno Temático Verificação da Situação Vacinal

Confira Calendário de Vacinação 2019


Fonte: - Autor(es): -