facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Encontro reúne aproximadamente 400 trabalhadores e gestores da AB em Teresina

Data de publicação: 25/04/2018


Evento é um dos 37 encontros estaduais promovidos pelo DAB para fortalecimento da Atenção Básica


 

O Departamento de Atenção Básica (DAB) realiza, nos dias 24 e 25 de abril, mais um Encontro Estadual para Fortalecimento da Atenção Básica, dessa vez na capital do Piauí. A programação conta com exposições dialogadas, mesas redondas e oficinas temáticas com objetivo de construir alternativas para os desafios que se colocam no dia a dia de trabalho da gestão.

Participaram da mesa de abertura representantes da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí, Telmo Mesquita e Cristiane Moura Fé; a técnica do Ministério da Saúde, Etel Matielo; a Presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Piauí (COSEMS-PI), Leopoldina Cipriano Feitosa; e o representante da Fundação Municipal de Saúde em Teresina, Francisco Pádua.

A iniciativa do Departamento foi elogiada pelas autoridades presentes. Entre elas, o Secretário adjunto de Saúde do Estado. Segundo Telmo Mesquita, o evento possibilita a dedicação dos participantes sobre temas que ajudam na organização da Atenção Básica do estado. “Nós não podemos deixar o SUS cair, temos que trabalhar pela melhoria do SUS e aproveitar o momento de capacitação”, disse.  

A superintendente de Atenção Básica da SES do Piauí, Cristiane Moura, deu boas-vindas à nova apoiadora do Ministério da Saúde (MS), Etel Matielo: “Recebemos com muita alegria a nova apoiadora do Piauí, pela presença e apoio ao estado para repensar e rediscutir a atenção primária”.

Ainda segundo a gestora, o momento é propício para dialogar de forma próxima ao MS e perceber os principais encaminhamentos para que cada município dê seu melhor frente ao desafio de fazer a atenção básica. “As dificuldades que o país tem passado são grandes, mas temos o apoio do MS e empenho do estado, que apoia os municípios a desenvolverem seu papel”, garantiu.

Já a presidente do COSEMS do Piauí, Leopoldina Cipriano, parabenizou o Departamento de Atenção Básica (DAB) pela iniciativa de realização dos Encontros Estaduais: “Descer aos estados do país abordando temáticas tão importantes, como a nova Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), as Práticas Integrativas e Complementares (PICS), entre outras, é de extrema importância para o nosso fortalecimento. O auditório está cheio, sinal de que estamos interessados em aprender cada vez mais”.

A técnica do Ministério da Saúde e nova apoiadora do estado, Etel Matielo, colocou a importância do momento para o MS: “pensamos com muito carinho e cuidado toda a programação e fazemos um esforço muito grande para garantir a presença do DAB em todos os estados. Para nós, são momentos de extrema importância vir até onde são construídas as políticas. É fudamental lembrar que somos construtores do maior sistema público e gratuito do mundo e que nossos esforços garantem sua qualidade e continuidade”.

Exposição dialogada

A exposição dialogada sobre a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e o panorama da AB no Estado do Piauí teve destaque no primeiro dia de evento. Na oportunidade, a nova apoiadora do estado falou sobre os avanços da PNAB e sobre os números que representam a AB no Brasil e no estado.

“A ideia é contextualizar sobre as ações de saúde na AB e ver o que pode ser potencializado. Quando vamos para o interior do Brasil, observamos que os espaços de formação são poucos. A equipe do MS vir até o estado e ajudar os municípios faz todo o sentido nessa conjuntura após a reconstrução de uma política que traz elementos novos, com a qual nós queremos ampliar o acesso e resolutividade da AB”, colocou Etel Matielo.

Concordou a Presidente do COSEMS/PI, Leopoldina Cipriano: “Não posso deixar de defender a nova PNAB. Não foi uma decisão unilateral, e foi uma discussão que durou quase dois anos. Ela continua reafirmando os princípios e as diretrizes da Estratégia Saúde da Família. Não tem como retroagir, é uma construção de melhoria da AB”, defendeu.

Outro tema de destaque durante a tarde primeiro dia foi o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). A técnica do Ministério da Saúde Graziela Tavares apresentou dados preliminares do 3º ciclo, expondo avanços e desafios do Piauí em comparação ao 1º e 2º ciclos. “A ideia é que gestores e coordenadores consigam ter uma prévia dos dados e reflitam sobre como podem organizar o processo de trabalho para melhorar os indicadores de saúde do Piauí’, afirmou a técnica.

O professor da Universidade Federal do Piauí e coordenador da etapa de avaliação externa do PMAQ-AB no Piuaí, Osmar Oliveira, participou da mesa redonda sobre o tema e afirmou ser o encontro importante momento de encontro de vários atores como a universidade, o estado e os municípios. “Temos visto pontos de vista diferentes com relação ao fortalecimento da AB e essas discussões nos levam a pensar os desafios que podem ser vencidos e facilitam a troca de experiências. A universidade entra pensando em como a pesquisa pode ser apresentada à sociedade e como pode representar melhorias no fortalecimento da AB, pensando sempre em como o usuário pode ter melhor opção de usufruto do SUS”, disse.

Confira as fotos do evento clicando aqui e também o que disseram palestrantes e autoridades no primeiro dia do evento, a seguir:

Faça o download das apresentações:

e-SUS | Oficina e-SUS | Requalifica UBS | PICs | Panorama AB | Exposição dialogada | Fortalecimento da AB | PMAQ-AB | Oficina - Processos de trabalho Integração AB e Vigilância | Saúde Bucal | NASF


Fonte: - Autor(es): -