facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Prorrogado prazo de inserção dos dados do PBF na Saúde

Data de publicação: 28/12/2017


Informações das condicionalidades poderão ser inseridas no sistema até janeiro


O Ministério da Saúde prorrogou o prazo para registro dos dados de acompanhamento das condicionalidades de saúde do Programa Bolsa Família até o dia 12 de janeiro de 2018. O objetivo é intensificar o monitoramento da cobertura do acompanhamento das condicionalidades de saúde nos estados e municípios e ampliar a informação sobre os beneficiários acompanhados.

Na 2ª vigência de 2017, há um total de 10.298.887 famílias beneficiárias com perfil saúde para acompanhamento. Até o dia 26 de dezembro de 2017, foram acompanhadas aproximadamente 6.255.960 famílias, o que corresponde a somente 60,74% de cobertura.

O acompanhamento deve ser registrado no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde (BFA) disponível no link http://bolsafamilia.datasus.gov.br/w3c/bfa.asp.

Vale lembrar que, em agosto de 2015 o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) publicou a Portaria nº 81, alterando o valor mínimo da Taxa de Acompanhamento da Agenda de Saúde (TAS) de 0,20 para 0,30, e garantindo o repasse do recurso do IGD-M aos municípios.

É importante que gestores realizem a inserção correta das informações para que os municípios não fiquem abaixo de 30% de acompanhamento, evitando uma baixa taxa de acompanhamento para o estado e para a gestão federal, a perda do IGD-M e, principalmente, prejuízo aos beneficiários.

Dúvidas podem ser enviadas ao e-mail bfasaude@saude.gov.br.