facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Indicadores do PMAQ: eixo Abrangência da Oferta de Serviços

Data de publicação: 16/10/2017


Nesta segunda, a série #indicadoresdoPMAQ explica ações que reduzem iniquidades na oferta de serviços


O eixo Abrangência da Oferta de Serviços reflete as ações e serviços que todas as Equipes participantes do 3º ciclo do PMAQ devem ofertar à população. Ele reúne, portanto, os indicadores relacionados ao Percentual de Serviços Ofertados pelas Equipes de Atenção Básica e Saúde Bucal. Seu monitoramento permite que essas equipes e a gestão municipal atuem pela diminuição de iniquidades na oferta. Conheça detalhes sobre cada indicador:

Percentual de serviços ofertados pela Equipe de Atenção Básica

Com vistas à integralidade do cuidado, diversos serviços devem estar disponíveis aos usuários da atenção básica. Considerando o perfil epidemiológico atual, caracterizado pela tripla carga de doenças (doenças infecciosas, parasitárias e problemas de saúde reprodutiva, causas externas e doenças crônicas), e a necessidade de oferta de ações para tratamento, cura, reabilitação, promoção à saúde e prevenção de doenças e agravos, foi elencado um rol de serviços e ações de saúde considerados importantes para oferta na Atenção Básica.

Ações que promovem a melhoria do indicador são: a implantação dos protocolos clínico-terapêuticos direcionados para os ciclos de vida, doenças e agravos prioritários, além do monitoramento da conformidade das condutas às boas práticas preconizadas pelos protocolos implantados visando aumentar a resolutividade na atenção básica. A melhoria das condições de atendimento nas unidades básicas (espaço físico, equipamentos, medicamentos e outros insumos) também promovem a melhora do indicador.

É essencial que as Unidades de Saúde da Atenção Básica estejam organizadas para disponibilizar aos usuários o acesso aos serviços, descritos no quadro abaixo, de modo a promover um cuidado adequado às necessidades de saúde da população, visando aumentar a resolutividade da equipe e evitar encaminhamentos desnecessários de usuários para outros pontos de atenção da região de saúde e/ou município. O parâmetro esperado para o indicador é de 70%/mês.

Quadro de Ações e Serviços a serem realizados pela equipe de Atenção Básica

Administração de medicamentos endovenoso

Avaliação antropométrica

Retirada de Cerume

Administração de medicamentos via intramuscular

Coleta de material p/ exame citopatológico de colo uterino

Retirada de corpo estranho da cavidade auditiva e nasal

Administração de medicamentos via oral

Coleta de material p/ exame laboratorial

Retirada de corpo estranho subcutâneo

Administração de Penicilina para tratamento de sífilis

Consulta médica em atenção básica

Retirada de pontos de cirurgias básicas (por paciente)

Aferição de pressão arterial

Curativo especial

Sutura simples

Atendimento de urgência em atenção básica

Curativo simples

Tamponamento nasal anterior e/ou posterior

Atendimento individual em domicílio

Drenagem de abscesso

Terapia de Reidratação Ora

Atividade coletiva - Educação em saúde

Exame do Pé Diabético

Teste do Pezinho

Atividade coletiva - Atendimento em grupo

Glicemia capilar

Triagem oftalmológica

Atividade coletiva - Avaliação/ Procedimento coletivo

Nebulização/inalação

 

 

Percentual de serviços ofertados pela Equipe de Saúde Bucal

No tocante às ações de saúde bucal na Atenção Básica, diversos serviços devem estar disponíveis aos usuários, de modo a favorecer a integralidade do cuidado. Considerando a situação de saúde bucal atual, foi elencado um rol de serviços e ações de saúde considerados importantes para serem ofertados na Atenção Básica:

Quadro de Ações e Serviços a serem realizados pela equipe de Saúde Bucal

Ação coletiva de aplicação tópica de flúor gel

Orientação de higiene bucal

Ação coletiva de escovação dental supervisionada

Primeira consulta odontológica programática

Ação coletiva de exame bucal com finalidade epidemiológica

Profilaxia/ remoção de placa bacteriana

Acesso à polpa dentaria e medicação (por dente)

Pulpotomia dentária

Assistência domiciliar por equipe multiprofissional

Raspagem alisamento e polimento supragengivais (por sextante)

Atendimento a gestante

Raspagem alisamento subgengivais (por sextante)

Atendimento de urgência

Restauração de dente decíduo

Avaliação dos itens de vigilância em saúde bucal

Restauração de dente permanente anterior

Consulta agendada

Restauração de dente permanente posterior

Consulta de conclusão do tratamento em odontologia

Selamento provisório de cavidade dentária

Curativo de demora c/ ou s/ preparo biomecânico

Tratamento de alveolite

Exodontia de dente decíduo

Ulotomia/ulectomia

Exodontia de dente permanente

 

 

Algumas ações que promovem a melhoria do indicador tem a ver com a organização da oferta de serviços essenciais em saúde bucal na Atenção Básica; a melhoria do acesso e cobertura dos serviços de saúde bucal na atenção básica à saúde e a melhoria das condições de atendimento nas unidades básicas (espaço físico, equipamentos, medicamentos e outros insumos).

É essencial que as equipes de saúde bucal da Atenção Básica estejam organizadas para disponibilizar aos usuários o acesso a estes serviços, de modo a promover um cuidado adequado às necessidades de saúde bucal da população, aumentando a resolutividade da equipe e evitando encaminhamentos de usuários para outros níveis de atenção. O parâmetro esperado para o indicador é de 70%/mês.

Leia mais:

Indicadores de desempenho do PMAQ: quais são e por que monitorá-los

PMAQ: Série mostra como monitoramento dos indicadores podem apoiar as equipes em seus territórios

Indicadores do PMAQ: eixo Coordenação do Cuidado

Indicadores do PMAQ: resolutividade


Fonte: - Autor(es): -