facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Idoso é tema de curso na UNA-SUS

Data de publicação: 02/02/2017


As inscrições para capacitação de profissionais de saúde ficam abertas até 21 de maio de 2017 no site da instituição


<p style="text-align: justify">O cuidado com a pessoa idosa &eacute; o tema do curso &agrave; dist&acirc;ncia oferecido pela Universidade Aberta do SUS - UNA-SUS). Profissionais de sa&uacute;de de n&iacute;vel superior e tamb&eacute;m de outras &aacute;reas do conhecimento interessados no tema podem se matricular na capacita&ccedil;&atilde;o online Aten&ccedil;&atilde;o Integral &agrave; Sa&uacute;de da Pessoa Idosa &ndash; M&oacute;dulo I.<br /> <br /> O foco principal da forma&ccedil;&atilde;o &eacute; capacitar os profissionais para o atendimento integral e humanizado desse grupo populacional, com base na Pol&iacute;tica Nacional de Sa&uacute;de da Pessoa Idosa (PNSPI). As inscri&ccedil;&otilde;es podem ser realizadas at&eacute; o dia 21 de maio deste ano. O curso &eacute; uma a&ccedil;&atilde;o do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, por meio da Coordena&ccedil;&atilde;o de Sa&uacute;de da Pessoa Idosa (Cosapi/Dapes/SAS/MS), em parceria com a UNA-SUS.<br /> <br /> A capacita&ccedil;&atilde;o traz orienta&ccedil;&otilde;es para um tratamento que analisa o contexto social do usu&aacute;rio. &ldquo;O atendimento se qualifica quando o trabalhador da sa&uacute;de atua de forma humanizada, considerando o idoso dentro da sociedade e do ambiente que ele vive, como parte do sistema de sa&uacute;de. O profissional n&atilde;o vai tratar a doen&ccedil;a e sim a pessoa&rdquo;, afirma a coordenadora de produ&ccedil;&atilde;o do curso e consultora da UNA-SUS, Laura Gris.<br /> <br /> <strong>O curso</strong><br /> O conte&uacute;do tamb&eacute;m mostra que o tratamento da pessoa idosa tem suas particularidades por causa da suscetibilidade maior de adquirir e desenvolver doen&ccedil;as, al&eacute;m de responderem clinicamente de maneira diferente. O m&eacute;dico e consultor Paulo Coury explica que o curso traz orienta&ccedil;&otilde;es para o &ldquo;fen&ocirc;meno do Iceberg&rdquo;, no qual alguns problemas comuns em idosos n&atilde;o geram queixas durante um longo per&iacute;odo de sua evolu&ccedil;&atilde;o, podendo permanecer ocultos, submersos, como a parte principal de um iceberg. <br /> <br /> &ldquo;Outros problemas s&atilde;o evidentes, mas n&atilde;o s&atilde;o reconhecidos por uma equipe sem treinamento. Entretanto, mesmo n&atilde;o diagnosticados, pioram a qualidade de vida, como a ocorr&ecirc;ncia de incontin&ecirc;ncia urin&aacute;ria, ou oferecem risco, como o de fraturas por osteoporose, que podem trazer consequ&ecirc;ncias muito significativas a m&eacute;dio prazo&rdquo;, esclarece Paulo.<br /> <br /> O curso &eacute; dividido em cinco unidades: Envelhecimento Populacional, A&ccedil;&otilde;es Estrat&eacute;gicas, Avalia&ccedil;&atilde;o Multidimensional, Condi&ccedil;&otilde;es Cl&iacute;nicas e Trabalho em equipe. As quest&otilde;es cl&iacute;nicas abordadas s&atilde;o aquelas prevalentes nesse grupo populacional.<br /> <br /> Em 2016, na primeira oferta do curso, foram quase 21 mil inscritos. Entre os matriculados, os enfermeiros foram a categoria de maior representatividade (28,54%), seguidos pelos t&eacute;cnicos de enfermagem (22,82%) e m&eacute;dicos (7,88%). Os estados com o maior n&uacute;mero de matr&iacute;culas foram S&atilde;o Paulo (1.312), Minas Gerais (1.073) e Rio Grande do Sul (658).</p> <p style="text-align: justify"><strong>SERVI&Ccedil;O</strong><br /> Aten&ccedil;&atilde;o Integral &agrave; Sa&uacute;de da Pessoa Idosa &ndash; M&oacute;dulo I<br /> Matr&iacute;culas: at&eacute; o dia 21 de maio<br /> Mais informa&ccedil;&otilde;es no <a href="http://www.unasus.gov.br/page/cursos-abertos/atencao-integral-saude-da-pessoa-idosa" target="_blank">site da UNA-SUS</a><br /> &nbsp;</p>