facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Atenção Básica é uma das prioridades do Ministério da Saúde

Data de publicação: 21/10/2016


O ministro Ricardo Barros e convidados fizeram parte de mesa de diálogos sobre a AB durante o VII Fórum


<p style="text-align: center;"><img src="http://blog.atencaobasica.org.br/wp-content/uploads/2016/10/30435571176_87b452473b_z.jpg" alt="" width="450" height="300" /></p> <p style="text-align: left;">Na manh&atilde; da &uacute;ltima quinta-feira (20/10), o VII F&oacute;rum Nacional de Gest&atilde;o da Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica promoveu uma mesa de di&aacute;logos sobre as prioridades da gest&atilde;o atual do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de para a Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica.</p> <p>Na ocasi&atilde;o, o Ministro da Sa&uacute;de, Ricardo Barros, apresentou as a&ccedil;&otilde;es do governo neste per&iacute;odo de administra&ccedil;&atilde;o e afirmou a inten&ccedil;&atilde;o do governo de amplia&ccedil;&atilde;o dos investimentos voltados para a AB.</p> <p>Com foco na informatiza&ccedil;&atilde;o dos dados colhidos pelos munic&iacute;pios no atendimento aos cidad&atilde;os, Barros deu destaque ao pedido recente que fez aos munic&iacute;pios de implementa&ccedil;&atilde;o do Prontu&aacute;rio Eletr&ocirc;nico do Cidad&atilde;o at&eacute; dezembro. Segundo Barros, a ades&atilde;o permitir&aacute; melhor planejamento e gest&atilde;o dos recursos investidos. &ldquo;Saberemos exatamente onde est&atilde;o os gargalos e providenciaremos as solu&ccedil;&otilde;es desses problemas atrav&eacute;s da transpar&ecirc;ncia permitida pela informatiza&ccedil;&atilde;o&rdquo;, afirmou.</p> <p>Ap&oacute;s destacar que tamb&eacute;m trabalhar&aacute; pela amplia&ccedil;&atilde;o das equipes, do acesso e das condi&ccedil;&otilde;es de equipamentos para o trabalho feito no &acirc;mbito da AB, Barros se mostrou animado com o novo modelo de debate proposto durante o VII f&oacute;rum. &ldquo;A forma participativa como foi feito esse evento, que deve ser repetido em todos os estados e munic&iacute;pios, nos permite colher as melhores opini&otilde;es e tomar as melhores decis&otilde;es a partir das propostas que eles fizerem para o nosso sistema&rdquo;, ressaltou.</p> <p>Tamb&eacute;m fizeram parte da mesa de di&aacute;logos o Secret&aacute;rio de Aten&ccedil;&atilde;o &agrave; Sa&uacute;de (SAS), Francisco de Assis, o diretor do Departamento de Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, Allan Nuno, e representantes do Conselho Nacional de Secret&aacute;rios de Sa&uacute;de (CONASS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Sa&uacute;de (CONASEMS), Jurandi Frutuoso, e Bruno Diniz, respectivamente.</p> <p>O secret&aacute;rio tamb&eacute;m <a href="https://youtu.be/kwDqi6JxL_k " target="_blank">elogiou a metodologia do encontro</a>, que, segundo ele, possibilita maior intera&ccedil;&atilde;o entre os participantes: &ldquo;esse tipo de formato traz uma percep&ccedil;&atilde;o muito maior de oficina de trabalho, onde a constru&ccedil;&atilde;o acontece. Fiquei muito feliz, pois ele reflete nossa atua&ccedil;&atilde;o com os usu&aacute;rios, os profissionais de sa&uacute;de e os gestores&rdquo;.</p> <p>Ainda de acordo com Francisco de Assis, a intera&ccedil;&atilde;o desses atores com a academia &eacute; fundamental e reflete a import&acirc;ncia do F&oacute;rum, que se coloca como um espa&ccedil;o para trabalho conjunto. &ldquo;Avaliaremos, verificaremos e construiremos, juntos, o que for necess&aacute;rio pra ter uma AB cada dia melhor. N&atilde;o tenho a menor d&uacute;vida de que a SAS, por diretriz do minist&eacute;rio, vai atuar fortemente no conhecimento, na transmiss&atilde;o do conhecimento, na forma&ccedil;&atilde;o e na educa&ccedil;&atilde;o permanente para que seja fortalecida, cada dia mais, a assist&ecirc;ncia prestada em cada um dos pontos&rdquo;, destacou.</p> <p>O representante do CONASS, Jurandi Frutuoso, refor&ccedil;ou os resultados positivos da metodologia usada, e acrescentou: &ldquo;o trabalho, daqui para frente, &eacute; o de consolidar as propostas que foram apresentadas. De maneira estrat&eacute;gica, temos que fazer com que o trabalho do f&oacute;rum saia do papel e seja colocado em pr&aacute;tica&rdquo;.</p> <p>Na ocasi&atilde;o, Frutuoso demonstrou, ainda, preocupa&ccedil;&atilde;o com a transi&ccedil;&atilde;o de governo nos Munic&iacute;pios depois das elei&ccedil;&otilde;es de 2016. &ldquo;N&atilde;o podemos deixar que seja interrompido o trabalho j&aacute; iniciado. O MS tem os pr&oacute;ximos meses para evitar preju&iacute;zo da estrutura do servi&ccedil;o de sa&uacute;de no Brasil&rdquo;, disse.</p> <p>O representante do Conselho Nacional das Secretarias Municipais, Bruno Diniz, defendeu que a Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica tenha cada vez mais financiamento adequado para que a pol&iacute;tica possa se desenvolver no territ&oacute;rio com garantia de acesso a toda popula&ccedil;&atilde;o. &ldquo;O f&oacute;rum foi importante para conhecer realmente as diversidade das unidades b&aacute;sicas de sa&uacute;de das regi&otilde;es&rdquo;, reconheceu Diniz.</p> <p>J&aacute; o Diretor do DAB, Allan Nuno, destacou como importante avaliar as conquistas dos &uacute;ltimos 30 anos da AB, sem tamb&eacute;m deixar de identificar necessidades de ajustes. &ldquo;Nesses &uacute;ltimos dois dias, temos nos dedicado muito para refletir de uma maneira bastante inovadora do ponto de vista metodol&oacute;gico, mas, ao mesmo tempo, trazer uma s&eacute;rie de quest&otilde;es que temos acumulado no debate sobre a necessidade de revis&atilde;o da Pol&iacute;tica Nacional de AB&rdquo;.</p> <p>Segundo Nuno, os di&aacute;logos tornam poss&iacute;vel fazer o enfrentamento do momento, que aponta mudan&ccedil;as no perfil epidemiol&oacute;gico da popula&ccedil;&atilde;o brasileira: &ldquo;discutir novas abordagens e nos dar&aacute; melhores condi&ccedil;&otilde;es de diagnosticar e desenhar um tratamento adequado para os usu&aacute;rios, al&eacute;m de fazer o que a gente sempre defende: que a AB seja verdadeiramente resolutiva&rdquo;, afirmou. </p> <p>Confira fala do Ministro:&nbsp;</p> <p><iframe src="https://www.youtube.com/embed/dRZJn-Xad2E" allowfullscreen="" width="560" height="315" frameborder="0"></iframe></p> <p>&nbsp;Acesse o &aacute;lbum de fotos do &uacute;ltimo dia de VII F&oacute;rum clicando aqui: <a href="https://flic.kr/s/aHskM4i1Bi " target="_blank">https://flic.kr/s/aHskM4i1Bi </a></p>