facebook   flickr   youtube   
Buscar
   facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Brasil apresenta Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em congresso internacional na Alemanha

Data de publicação: 17/06/2016


Representante do Departamento de Atenção Básica do MS participou do evento, que reuniu lideranças mundiais no campo das Medicinas Tradicionais, Complementares e Alternativas, inclusive representantes da OMS e OPAS


<p style="text-align: center;"><img width="400" height="264" alt="" src="http://blog.atencaobasica.org.br/wp-content/uploads/2016/06/stuttgart.png" /></p> <p style="text-align: center;">&nbsp;</p> <p>Representante da equipe respons&aacute;vel pela gest&atilde;o da Pol&iacute;tica Nacional de Pr&aacute;ticas Integrativas e Complementares do Brasil foi convidado para o International Congress for Integrative Health &amp; Medicine 2016 (Congresso Internacional de Sa&uacute;de e Medicina Integrativa), realizado entre os dias 9 e 11 de junho em Stuttgart, na Alemanha.</p> <p>O Congresso reuniu lideran&ccedil;as mundiais no campo das Medicinas Tradicionais, Complementares e Alternativas (MTCA), inclusive representantes da Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial da Sa&uacute;de (OMS) e da Organiza&ccedil;&atilde;o Panamericana de Sa&uacute;de (OPAS).</p> <p>Na ocasi&atilde;o, pesquisadores, trabalhadores e gestores compartilharam experi&ecirc;ncias cl&iacute;nicas, pol&iacute;ticas de sa&uacute;de, pesquisas e modelos bem sucedidos de cuidados, contribuindo para o fortalecimento de uma rede internacional no campo das Pr&aacute;ticas Integrativas e Complementares.</p> <p>O consultor do Departamento de Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de Daniel Amado apresentou os resultados da Pol&iacute;tica Nacional de Pr&aacute;ticas Integrativas e Complementares (PNPIC), que acaba de completar uma d&eacute;cada.</p> <p>A experi&ecirc;ncia brasileira animou os participantes, com destaque para o fato de que: a) o pa&iacute;s possui uma Pol&iacute;tica Nacional consolidada; b) as pr&aacute;ticas est&atilde;o inseridas em um sistema universal e p&uacute;blico de sa&uacute;de e ofertadas por equipes multiprofissionais; c) est&atilde;o prioritariamente na aten&ccedil;&atilde;o prim&aacute;ria e d) disp&otilde;e de mais de 5.000 servi&ccedil;os, entre eles, unidades b&aacute;sicas de sa&uacute;de, servi&ccedil;os especializados e hospitais.</p> <p>A PNPIC foi ainda considerada pelos presentes um importante modelo para orientar a implanta&ccedil;&atilde;o das pr&aacute;ticas em outros pa&iacute;ses e ser&aacute; apresentada em outros eventos para os quais a equipe do Departamento de Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica j&aacute; foi convidada. Entre eles, o evento regional de medicinas tradicionais e complementares das Am&eacute;ricas organizado pela OPAS, que ser&aacute; realizado em agosto de 2016, em Nicar&aacute;gua.</p> <p><strong>Experi&ecirc;ncias apresentadas em Stuttgart</strong><br /> As experi&ecirc;ncias internacionais apresentadas contribu&iacute;ram de forma importante para as propostas de amplia&ccedil;&atilde;o da PNPIC. Durante o Congresso, foram expostos diversos modelos de servi&ccedil;os e resultados. H&aacute; na Alemanha, por exemplo, hospitais e cl&iacute;nicas com total inser&ccedil;&atilde;o de PICS, dentre os quais uma maternidade com taxa de parto cesariano de apenas 17%, enquanto a taxa do pa&iacute;s alem&atilde;o &eacute; de 30%.</p> <p>Outro ponto importante destacado foi a integra&ccedil;&atilde;o de institui&ccedil;&otilde;es de pesquisa em PICS, que tem subsidiado a incorpora&ccedil;&atilde;o destas pr&aacute;ticas em sistemas nacionais de sa&uacute;de pelo mundo.</p> <p>O Diretor das Medicinas Tradicionais Complementares e Alternativas (MTCA) da OMS, Dr. Zhang Qi, refor&ccedil;ou o interesse de coopera&ccedil;&atilde;o com o Brasil e de implantar no pa&iacute;s um Centro Colaborador da OMS para as MTCA.</p> <p>Segundo o consultor da Coordena&ccedil;&atilde;o de &aacute;reas T&eacute;cnicas do Departamento de Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica/MS, Daniel Amado, o interesse endossa a necessidade de ampliar a participa&ccedil;&atilde;o brasileira nesta rede e fortalecer as redes brasileiras de gest&atilde;o, pesquisa, ensino, entre outras.</p> <p>&ldquo;A participa&ccedil;&atilde;o do N&uacute;cleo de PICS do DAB no Congresso se mostrou bastante proficiente, marcada por importantes trocas, capazes de fortalecer a&ccedil;&otilde;es integradas pela promo&ccedil;&atilde;o de a&ccedil;&otilde;es e pesquisas que ampliem o acesso &agrave;s pr&aacute;ticas de forma global&rdquo;, colocou Amado.</p> <p style="text-align: center;"><img alt="" src="http://blog.atencaobasica.org.br/wp-content/uploads/2016/06/EVENTO-ALEMANHA.jpg" /><br /> &nbsp;</p>