Buscar
  
  

Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Profissionais da AB comemoram o Dia Mundial da Atividade Física Brasil afora

Data de publicação: 06/04/2016


As unidades e equipes de atenção básica estão oferecendo diferentes tipos de programações para lembrar à população a importância de praticar atividade física.


<p>Hoje, 6 de abril, &eacute; Dia Mundial da Atividade F&iacute;sica, celebrado por muitos trabalhadores e servi&ccedil;os da aten&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica que oferecem programa&ccedil;&atilde;o para conscientizar a popula&ccedil;&atilde;o sobre a import&acirc;ncia da pr&aacute;tica de exerc&iacute;cios. As diversas a&ccedil;&otilde;es s&atilde;o de import&acirc;ncia fundamental, j&aacute; que a inatividade f&iacute;sica &eacute; o quarto fator de risco de mortalidade mais importante no mundo e est&aacute; associado a 6% de todas as mortes globais.</p> <p>De acordo com a Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial da Sa&uacute;de (OMS), s&atilde;o consideradas inativas pessoas que n&atilde;o praticam nenhuma atividade f&iacute;sica em seu tempo livre, que n&atilde;o realizam esfor&ccedil;os f&iacute;sicos no trabalho, n&atilde;o se deslocam para o trabalho ou escola a p&eacute; ou de bicicleta e que n&atilde;o realizam limpeza pesada no servi&ccedil;o dom&eacute;stico.</p> <p>Dados da OMS estimam que um em cada quatro adultos e 80% dos adolescentes n&atilde;o praticam os n&iacute;veis recomendados de atividade f&iacute;sica. No Brasil, a Pesquisa Nacional de Sa&uacute;de (PNS/2013) mostrou que aproximadamente um em cada dois adultos n&atilde;o atinge o n&iacute;vel recomendado de atividade f&iacute;sica. J&aacute; entre os adolescentes, a Pesquisa Nacional de Sa&uacute;de do Escolar (PENSE/2012) aponta que este percentual &eacute; de 27,9%.</p> <p>Apesar de os dados de inatividade f&iacute;sica serem alarmantes, dados do inqu&eacute;rito telef&ocirc;nico Vigitel de 2014 indicam que houve um aumento de 18% na frequ&ecirc;ncia de adultos que praticam atividade f&iacute;sica no tempo livre, passando de 30% em 2009 para 35% em 2014.</p> <p><strong>Riscos e benef&iacute;cios</strong></p> <p>Pessoas fisicamente inativas t&ecirc;m de 20% a 30% mais risco de morte por doen&ccedil;as cr&ocirc;nicas, como doen&ccedil;as do cora&ccedil;&atilde;o e diabetes, que as pessoas que realizam ao menos 30 minutos de atividade f&iacute;sica moderada na maioria dos dias da semana.</p> <p>Vale ressaltar que realizar exerc&iacute;cio melhora o estado muscular e cardiorrespirat&oacute;rio, a sa&uacute;de &oacute;ssea e funcional, reduz o risco de hipertens&atilde;o, diabetes, depress&atilde;o, c&acirc;ncer, al&eacute;m de ser fundamental para o equil&iacute;brio energ&eacute;tico e controle do peso.</p> <p><strong>Academia da Sa&uacute;de</strong></p> <p>&nbsp;</p> <p>Um dos protagonistas nas comemora&ccedil;&otilde;es do Dia Mundial da Atividade F&iacute;sica no &acirc;mbito da AB s&atilde;o os polos do Programa Academia da Sa&uacute;de. Criados com o objetivo de desenvolver a&ccedil;&otilde;es e servi&ccedil;os de sa&uacute;de voltados para preven&ccedil;&atilde;o das Doen&ccedil;as Cr&ocirc;nicas N&atilde;o Transmiss&iacute;veis e Promo&ccedil;&atilde;o da Sa&uacute;de de indiv&iacute;duos e coletividades.</p> <p>&nbsp;</p> <p>As atividades oferecidas abrangem alimenta&ccedil;&atilde;o saud&aacute;vel, educa&ccedil;&atilde;o em sa&uacute;de, pr&aacute;ticas corporais como yoga, tai chi chuan, atividade f&iacute;sica, entre outros. J&aacute; existem 4.231 propostas de constru&ccedil;&atilde;o habilitadas e futuramente os polos estar&atilde;o presentes em 2.697 munic&iacute;pios. Atualmente existem 588 polos em funcionamento no Brasil.</p> <p>&nbsp;</p>