Buscar
  
  

Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Sistema de Gestão do PBF começa 1ª vigência com apelo ao acompanhamento de gestantes

Data de publicação: 02/02/2016


O Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (PBF) na Saúde já se encontra disponível para inserção do acompanhamento das condicionalidades da 1ª vigência de 2016, que vai até 30 de junho. Deverão ser acompanhadas 13.463.755 famílias, sendo 7.716.289 crianças e aproximadamente 480 mil gestantes.


<p>O Sistema de Gest&atilde;o do Programa Bolsa Fam&iacute;lia (PBF) na Sa&uacute;de j&aacute; se encontra dispon&iacute;vel para inser&ccedil;&atilde;o do acompanhamento das condicionalidades da 1&ordf; vig&ecirc;ncia de 2016, que vai at&eacute; o dia 30 de junho. Ao todo, dever&atilde;o ser acompanhadas 13.463.755 fam&iacute;lias em todo o pa&iacute;s, sendo 7.716.289 crian&ccedil;as e aproximadamente 480 mil gestantes.</p> <p>A coordena&ccedil;&atilde;o federal do programa faz um apelo &agrave;s gest&otilde;es municipais para intensificar a identifica&ccedil;&atilde;o de gestantes, para garantir a essas mulheres acesso precoce ao pr&eacute;-natal e ao conjunto de a&ccedil;&otilde;es relacionadas ao cuidado durante a gesta&ccedil;&atilde;o, que incluem tamb&eacute;m a preven&ccedil;&atilde;o da microcefalia.</p> <p>Vale ressaltar que as gr&aacute;vidas acometidas pelo zika v&iacute;rus podem ter beb&ecirc;s com microcefalia o que aumenta a necessidade de intensificar as a&ccedil;&otilde;es de orienta&ccedil;&atilde;o &agrave;s fam&iacute;lias sobre as medidas de prote&ccedil;&atilde;o ao mosquito Aedes Aegypti, em especial durante a gesta&ccedil;&atilde;o.</p> <p><strong>Crian&ccedil;as e gestantes sem acompanhamento</strong></p> <p>A coordena&ccedil;&atilde;o federal do programa chama a aten&ccedil;&atilde;o dos gestores para os casos de n&atilde;o acesso &agrave; vacina&ccedil;&atilde;o e pr&eacute;-natal registrados no acompanhamento das crian&ccedil;as e gestantes. Na 2&ordf; vig&ecirc;ncia de 2015, 4.127 crian&ccedil;as estavam com calend&aacute;rio de vacina&ccedil;&atilde;o atrasado e 1.682 gestantes sem acesso ao pr&eacute;-natal. &Eacute; importante lembrar que o acesso &agrave; vacina&ccedil;&atilde;o e pr&eacute;-natal s&atilde;o a&ccedil;&otilde;es b&aacute;sicas de sa&uacute;de e devem estar dispon&iacute;veis a todo e qualquer usu&aacute;rio do SUS.</p> <p>O monitoramento do desempenho dos estados e munic&iacute;pios ao longo da vig&ecirc;ncia pode ser feito por meio do site: http://bolsafamilia.datasus.gov.br/w3c/bfa_relconsol.asp. Em caso de d&uacute;vidas, o profissional deve entrar em contato com a &aacute;rea t&eacute;cnica respons&aacute;vel pelas a&ccedil;&otilde;es de alimenta&ccedil;&atilde;o e nutri&ccedil;&atilde;o da Secretaria de Sa&uacute;de de seu estado.</p> <p>Mais informa&ccedil;&otilde;es podem ser obtidas pelo e-mail <a href="mailto:bfasaude@saude.gov.br" target="_blank">bfasaude@saude.gov.br</a>.</p> <p>&nbsp;</p>